Seguidores

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Uma aventura perigosa...

Há uns anos atrás.. não muitos ;) ainda eu competia em Karts onde fazia normalmente provas de longa distancia, está claro que mulheres a competir era uma raridade..mas sempre iam aparecendo umas 3 / 4 por prova misturadas nas equipas de homens..
Uma certa prova de 24 horas fiquei na equipa de uma mulher, com os seus 40 anos, uma mulher que não deslumbrava fisicamente, mas que chamava à atenção por ser mulher no meio de tantos homens...
Enquanto esperavamos pela nossa vez de correr, os pilotos iam falando de trivialidades, tendo ficado a saber que era empresária que nos tempos livres gostava de competir e o marido acompanhava-a sempre.
Admito que não sou uma pessoa que se socializa facilmente, e demorou umas horas até começarmos a falar.. mas nada demais.. apenas vimos que tinhamos em comum interesses profissionais pelo aproveitamos para trocar o telefone e o mail, combinando um contavto posterior.
Passados uns dias, recebo um mail dela a convidar para almoçarmos afim de falarmos da eventualidade de fazermos negócios. Assim foi, combinamos almoçar na Expo e no dia combinado, ao encontramo-nos, fico um pouco surpreendido pela positiva, dado que só a tinha visto com o fato de piloto. Obviamente o tema de conversa iniciou-se a falar de carros, tendo naturalmenteentrado ido parar a assuntos mais pessoais, nomeadamente gostos, familia, férias, etc.. ou seja, acabamos o almoço sem ter falado de trabalho.
Como tinha compromissos de tarde, não pude continar mais tempo, e combinamos contactarmo-nos novamente para então falar de trabalho. Nessa mesma tarde vi-me a pensar de como o almoço tinha sido agradável. Eram ums 20h ainda trabalhava, quando recebo um sms a agradecer o almoço, ao qual respondo simpaticamente, pedindo desculpa por não poder ter ficado mais tempo e que se fosse ao jantar já não teria esse problema, coisa que iria fazer de seguida depois de sair do trabalho pois no dia seguinte iria para uma prova de Karts onde ela também iria estar.. Ela respondeu a dizer que estava a terminar de fazer o jantar e perguntou se eu não quereria ir jantar com ela e o marido e assim poderiamos continuar a conversar. Está claro que achei intimidante por o marido dela poder levar a mal e agradeci dizendo que não e pois a minha mulher esperava por mim para jantar, ao que ela insistiu que não aceitava um não e pediu para avisar em casa que iria mais tarde. Não sabendo como recusar, lá aceitei mas disse-lhe que não podia ficar até tarde para descansar para a competição. Lá fui então para casa dela, tendo demorado uns 30 minutos a lá chegar. Uma bonita moradia fora de Lisboa, entrei cumprimentei-os e estava jantar pronto, ao iniciamos e durante o jantar fomos comendo, bebendo e falando, tendo demorado cerca de 1 hora, quando reparo que 2 garrafas de vinho tinto estavam vazias... ups.. sem reparar o marido fui enchendo o copo.. estavamos todos bem alegres quando levantei da mesa, achei que estava já bebado, mas não dei parte fraca.. fomos para a sala, ao que o marido preparar um digestivo sem marca de uma produção particular... está claro que era uma bebida deliciosa mas que acabou comigo... literalmente ... e quando dou conta estavam as luzes apagadas e eu deitado no sofá... só com os boxers... olhei para o relógio ... eram 4h da manhã... fiquei preocupado e peguei logo no telemovel para ver de certeza chamadas da minha mulher.. e vejo somente uma mensagem dela a dizer "Ok.. bjs"... não entendi... e fui ver as mensagens enviadas, quando vejo uma supostamente enviada por mim a dizer que iria diretamente para a prova depois de jantar e dormiria por lá... tinham mexido no meu telemóvel.. coisa que detesto... e fiquei aborrecido pelo abuso... e fui ver se havia alguem acordado... queria sair dali... chegando ao quarto deles... havia uma luz acessa, e abri um pouco a porta, e estavam os dois deitados... ele dormia como uma pedra e ela estava a ler um livro... levantou-se ... usava uma camisa de dormir de setim... e veio ao meu encontro... explicando o que sucedera.... fomos até à sala.. ela brincava com o meu estado... acalmei um pouco... como já era quase hora de levantar para fazer a viagem... pedi-lhe para usar o wc para tomar um banho... ela disse que estava à vontade... fui então tomar banho quando de repente.. ela entra no wc... fiquei surpreso... ela disse que queria deixar uma toalha... vê me nú... e ri-se... pedindo desculpa...


É então que quando pensava eu que ela iria sair... começa-se a despir... junta-se a mim...


e começa algo que não esquecerei nunca.... com o marido a dormir no quarto ao lado...








1 comentário: